Início » Artigos » Bateria Caiena » A Conquista de Caiena pelo Império Português

A Conquista de Caiena pelo Império Português

Prof. Esp. Pedro Silva Drummond

A disputa por territórios entre Portugal e França, não teve início com o conflito em Caiena. Desde o século XVI, quando os franceses invadiram o Rio de Janeiro e posteriormente o Maranhão, as disputas entre as duas Nações, já aconteciam por territórios na América do Sul.

No caso do território francês na América do Sul, as discussões sobre a delimitação da fronteira entre o Brasil e a Guiana Francesa, ocorriam desde o século XVII. A conquista de Caiena entra no contexto dessa disputa territorial e das invasões Napoleônicas no Continente Europeu. Após a conquista do território Português pelas tropas de Napoleão Bonaparte e consequentemente a vinda da Corte Portuguesa para o Brasil, teve início os preparativos para a conquista de Caiena.

Os objetivos para conquistar Caiena eram: uma possível retaliação aos franceses por terem invadido Portugal e resolver os problemas de fronteira que vinham desde o século XVII. Contribuiu para os portugueses terem iniciado uma guerra contra o território francês, o fato da França estar envolvida nos conflitos na Europa e nas boas relações entre Portugal e Inglaterra.

Poucos meses após a chegada da Corte Portuguesa no Brasil, foi criada e enviada uma expedição saindo de Belém para a Guiana Francesa, com a ajuda naval inglesa. As forças portuguesas destacadas para o confronto, rapidamente derrotaram o seu adversário e nos primeiros dias de 1809, os principais pontos militares da região estavam sob o controle de Portugal. Como consequência, houve a discussão da rendição pelo governante da Guiana Francesa com os seus adversários.

Após o Congresso de Viena, os franceses conseguiram o direito sobre o território novamente, provocando ainda por muitos anos a discussão sobre os limites territoriais entre os dois Países. O assunto só foi resolvido no final do século XIX, após uma decisão da Comissão de Arbitragem na Suíça.

O fato que durou por todo o século XIX, não somente possibilitou no fim da questão fronteiriça entre os dois Países, e consequentemente na demarcação definitiva do Amapá, mas também, em garantir a posse do estuário do Rio Amazonas, e no século XX, em homenagem a Conquista de Caiena, foi criada a 2ª Bateria do 32º Grupo de Artilharia de Campanha (Bateria Caiena).

Quer saber mais sobre o Brasil no Século XIX, leia os posts Batalha 4 de Maio de 1823: Guerra de Independência do BrasilBatalha Naval de Lara-Quilmes e Guerra Cisplatina: Batalha Naval de Monte Santiago, você pode navegar por este link, no nome do texto ou pelas categorias do site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *