Início » Artigos » Batalha de Iwo Jima » Filme: Cartas de Iwo Jima

Filme: Cartas de Iwo Jima

Prof. Dr. Ricardo Pereira Cabral

Em 2006, o diretor Clint Eastwood lançou dois filmes sobre a Batalha de Iwo Jima. A Conquista da Honra (Flags of Our Fathers) retrata a batalha do ponto de vista americano, enquanto Cartas de Iwo Jima (Letters from Iwo Jima) sob a perspectiva japonesa. Os dois filmes foram rodados simultaneamente.

Cartas de Iwo Jima é quase todo falado em japonês, o roteiro é de Iris Yamashita, baseado no livro  Picture Letters from Commander in Chief do General Tadamichi Kuribayashi, comandante da guarnição japonesa de Iwo Jima e So Sad To Fall In Battle: An Account of War de Kumiko Kakehashi. Receu quatro indicações ao Oscar, ganhou o Globo de Ouro de Melhor, o Critic’s Choice Award e o Prêmio da Academia de Cinema do Japão, todos na categoria de filme estrangeiro e o Urso de Ouro do Festival de Berlin, entre outros prêmios nos Estados Unidos e no exterior.

Sobre o filme, Ritter Fan escreveu “O resultado é realmente único e tão cuidadoso na forma como retrata a cultura japonesa da época que o longa recebeu elogios rasgados da imprensa do país, basicamente com todos espantados pelo que viram na tela vindo de Hollywood. Novamente, não basta anunciar um filme “que respeita a cultura do país” como virou moda fazer por aí, tem que realmente fazer isso. Melhor ainda é alcançar esse objetivo sem ficar alardeando por aí o tal respeito pela cultura como se isso fosse algum mérito especial.”

E continua

“como em A Conquista da Honra, o interesse de Eastwood não é lidar com a guerra em si, mas sim usá-la como forma de criar fascinantes estudos de personagens. Usando o recurso de enquadramento em que arqueólogos em 2005 acham algo enterrado nas cavernas da ilha, o longa é, na verdade, um grande flashback que começa com a chegada de Kuribayashi ao local, logo alterando a forma como as defesas são montadas e, ao longo da progressão da batalha, lutando ao máximo contra os chamados “ataques banzai” típicos dos japoneses em situações de desespero e também contra a prática de seppuku, ou suicídio pela glória, parte fundamental do Bushido, ou Código do Samurai.”

O filme como está no título é baseado nas cartas dos militares japoneses, muitas das quais são verdadeiras e do próprio General Tadamichi Kuribayashi, que foram compiladas em forma de livro no Japão, outras são do soldado Saigo, um personagem fictício.

Dessa vez não darei spoiler e recomendo lerem as duas críticas selecionadas e verem o filme. Ken Watanabe, Kazunari Ninomiya e Tsuyoshi Ihara dão um show de interpretação. Uma ode ao heroísmo e a coragem diante da morte, em uma luta épica contra um inimigo, que naquele contexto, era impossível de ser vencido.

Sites consultados

https://www.planocritico.com/critica-cartas-de-iwo-jima/

https://cinemaemcena.com.br/critica/filme/6347/cartas-de-iwo-jima

Livros indicados

Picture letters from the Commander in Chief, do General Tadamichi Kuribayashi.

Link para Amazon:

https://www.amazon.com.br/gp/product/1421518457/ref=as_li_qf_asin_il_tl?ie=UTF8&tag=hmd2021-20&creative=9325&linkCode=as2&creativeASIN=1421518457&linkId=64caf92631653007a0facf5715e4611b

So Sad To Fall In Battle: An Account of War de Kumiko Kakehash

Link para Amazon:

https://www.amazon.com.br/gp/product/B001QA4SII/ref=as_li_qf_asin_il_tl?ie=UTF8&tag=hmd2021-20&creative=9325&linkCode=as2&creativeASIN=B001QA4SII&linkId=ce724d68835aeb3b511617b5dc7ceeaf

DVD

Link para a Amazon:

https://www.amazon.com.br/gp/product/1419845268/ref=as_li_qf_asin_il_tl?ie=UTF8&tag=hmd2021-20&creative=9325&linkCode=as2&creativeASIN=1419845268&linkId=000d0e62a72aea300387bdb3db8761a2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *