Pular para o conteúdo

Caixa Postal 1142: A Instalação Secreta nos EUA para alemães

Profº. Esp. Pedro Silva Drummond 

Introdução

A Segunda Guerra Mundial possibilitou a criação de diversas instalações e projetos secretos de boa parte das grandes Nações envolvidas no conflito. Mesmo Países que entraram durante o conflito, como os Estados Unidos, tiveram seus segredos, como foi o caso da Caixa Postal 1142.

A Caixa Postal 1142 foi uma instalação secreta americana criada após a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial, com o objetivo de instaurar três programas secretos. “O primeiro foi um centro de detenção temporária onde o interrogatório estratégico de prisioneiros de guerra de alto valor foi conduzido pelo Serviço de Inteligência Militar do Exército dos EUA (MIS) e pelo Escritório de Inteligência Naval da Marinha (ONI). O segundo programa foi um programa de fuga e evasão (E&E), que instruiu militares antes de sua implantação na Europa sobre métodos de E&E e forneceu a eles dispositivos para ajudar a evitar a captura ou escapar se capturado. O terceiro programa era um serviço de pesquisa de inteligência militar.” (Serviço de Parques Nacionais)

Caixa Postal 1142

A Caixa Postal 1142 foi criada em 1942, com o intuito de contribuir com o esforço de guerra dos Estados Unidos. A instalação secreta tinha como objetivo inicial, descobrir informações de prisioneiros de Guerra.

Na época da Segunda Guerra Mundial, a instalação secreta violava a Convenção de Genebra, por não avisar da transferência e localização dos prisioneiros de Guerra.

A instalação se localizava em Fort Hunt, na Virgínia, próximo a Capital Washington D.C., nas terras que anteriormente eram do ex-Presidente George Washington e foi selecionado pelo Departamento de Guerra, que “determinou que dois centros de inteligência militar domésticos seriam necessários e selecionou Fort Hunt como o centro na Costa Leste. Em 15 de maio de 1942, o Departamento do Interior emitiu uma permissão de uso especial para o Departamento de Guerra pela duração da guerra mais um ano para o estabelecimento do centro. O local ficou conhecido apenas como “PO Box 1142”, o endereço de correspondência do centro em Alexandria, Virgínia”. (Serviço de Parques Nacionais)

Instalações da Caixa Postal 1142
https://cm-ob.pt/where-is-po-box-1142-located

Durante a Segunda Guerra Mundial, estiveram na Caixa Postal 1142 figuras importantes, como o comandante do submarino alemão U515, Werner Henke¹, o cientista de foguetes, Wernher von Braun², o espião Reinhard Gehlen³ e o inventor da detecção infravermelha, Heinz Schlicke4.

READ  A disputa hegemônica entre os Estados Unidos e a China
Wernher von Braun, Reinhard Gehlen, Heinz Schlicke e Werner Henke, respectivamente.
https://www.itstactical.com/centcom/memorial/the-secret-operations-of-p-o-box-1142/

A Caixa Postal 1142 também contribuiu para a Operação Paperclip, que consistia em um programa secreto dos Estados Unidos e possibilitava a chegada ao País de milhares de cientistas, engenheiros e técnicos alemães nazistas, com o objetivo de desenvolver-se no campo da ciência, tecnologia e evitar que essas pessoas especializadas fossem recrutadas pela União Soviética. A responsável por trazer esse grupo era a Agência de Objetivos de Inteligência Conjunta dos EUA, que patrocinou a operação, com o foco nos cientistas que estavam envolvidos no programa de foguetes da Alemanha.

No período de existência da Caixa Postal 1142 “de julho de 1942 a novembro de 1946, mais de 4.000 prisioneiros de guerra alemães passaram pela Caixa Postal 1142. O Serviço de Inteligência Militar (MIS) e o Escritório de Inteligência Naval (ONI) abrigaram, interrogaram … oficiais alemães de alto escalão, cerca de 500 cientistas e tripulantes de submarinos.” (COKER)

Memorial dedicado aos veteranos da Caixa Postal 1142
https://www.memorialdayfoundation.org/virginia/p-o-box-1142-war-memorial-flagpole.html

Conclusão

A Caixa Postal 1142 inicialmente contribuiu para os Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial, com a descoberta de informações sobre o conflito e, posteriormente, como local para alemães importantes para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Durante o final da Segunda Guerra Mundial e a iminente derrota alemã no conflito, teve início uma corrida entre as duas principais potências do conflito, EUA e URSS, pelas informações e conhecimentos que as “mentes” nazistas tinham e conseguiram descobrir. Nesse momento, diversos cientistas das mais variadas áreas, foram recrutados por essas Nações, sendo os primeiros passos para a Guerra Fria. 

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, a Caixa Postal foi desativada, sendo somente revelada ao público nos primeiros anos do século XXI, após os documentos serem desclassificados e a descoberta por parte do Serviço Nacional de Parques de diversos materiais e documentos sobre o assunto, revelando o que existia no local durante o período da Guerra.

READ  Devastações da Segunda Guerra Mundial: A Cidade Fantasma Francesa

Notas

1 Submarino U515 foi comandado por Werner Henke na Batalha do Atlântico. Em 1944 foi afundado pelas Forças dos EUA e Henke foi capturado com a sua tripulação

2 Wernher von Braun, era um dos principais responsáveis no desenvolvimento da tecnologia de foguetes da Alemanha Nazista. Após a Segunda Guerra Mundial, Braun trabalhou para os Estados Unidos em um programa de mísseis balísticos e no desenvolvimento de foguetes que lançaram o primeiro satélite espacial.

3 Reinhard Gehlen foi o chefe do serviço de inteligência militar do Exército Alemão na frente oriental

4 Heinz Schlicke serviu na Marinha Alemã na Segunda Guerra Mundial como Engenheiro Naval

Imagem de Destaque: Caixa Postal 1142 – Link: https://www.cbsnews.com/news/memories-of-a-pow-camp-outside-washington-d-c/

Bibliografia

– COKER, Kathryn. PO Box 1142. Richmond Public Library. Disponível em: https://rvalibrary.org/shelf-respect/history-and-preservation/po-box-1142/

– Memórias de um campo de prisioneiros de guerra fora de Washington, DC. Disponível em: https://www.cbsnews.com/news/memories-of-a-pow-camp-outside-washington-d-c/

– National Park Service. POWs e Intel em Fort Hunt na Segunda Guerra Mundial. Disponível em: https://www.nps.gov/articles/forthuntww2.htm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.