Início » Artigos » Alemanha » Egon Albrecht: o brasileiro piloto da Luftwaffe

Egon Albrecht: o brasileiro piloto da Luftwaffe

Profº. Esp. Pedro Silva Drummond

Introdução

O Brasil durante a primeira metade da Segunda Guerra Mundial manteve-se como uma Nação neutra. A mudança de postura na Política Externa Brasileira ocorreu em 28 de Janeiro de 1942, quando o País rompeu relações diplomáticas com os países do Eixo.

Durante os meses seguintes, o Brasil teve diversos navios afundados pelos alemães, e após uma forte pressão ao governo, foi declarado guerra ao Eixo em 22 de agosto de 1942. Depois de alguns anos, em 1944, o Brasil envia a FEB (Força Expedicionária Brasileira) para o teatro de operações na Itália, contribuindo para libertação dessa Nação.

Os integrantes da FEB, no entanto, não foram os primeiros brasileiros a participarem da Segunda Guerra Mundial, existem alguns exemplos de cidadãos do Brasil, que lutaram na guerra por ambos os lados, inclusive, desde o início da Guerra em 1939. O caso analisado nesse texto será de Egon Albrecht, que se tornou um piloto da Luftwaffe.

Egon Albrecht

Egon Albrecht nasceu em 1918, em Curitiba. Era filho de Frederico Albrecht e Hedwig Elditt Albrecht, cidadãos alemães que imigraram para o Brasil. Albrecht, tinha dupla nacionalidade, pela legislação da Alemanha no período, filhos de alemães eram considerados cidadãos do País. A origem brasileira era por ter nascido no País.

Egon Albrecht
https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/historia-egon-albrecht-o-piloto-brasileiro-que-lutou-pela-alemanha-na-segunda-guerra.phtml

O curitibano Albrecht, antes mesmo de completar 18 anos de idade, viaja para Alemanha, e se torna um integrante da Hitlerjugend (Juventude Hitlerista). Com o início da Segunda Guerra Mundial e a chegada da maioridade Albrecht, se tornaria um integrante da Luftwaffe (Força Aérea Alemã)

Ao longo de todo o período que esteve na Luftwaffe, Albrecht, serviu, em 1940, na “6. Staffel de Zerstörergeschwader 1 (ZG 1-1ª Ala de Destroyer) operando caça pesado Messerschmitt Bf 110 Zerstörer (contratorpedeiro). Após redesignação como 9. / Zerstörergeschwader 76 (ZG 76) em junho de 1940, e então 6. Staffel de Schnellkampfgeschwader 210 (SKG 210-210th Fast Bomber Wing) em abril de 194… Em janeiro de 1942, 6./SKG 210 tornou-se 6./ZG 1… Nomeado Staffelkapitän (líder do esquadrão), 1./ZG 1 em junho de 1942… Em outubro de 1943, Albrecht sucedeu Hauptmann Karl-Heinrich Matern, que foi morto em ação em 8 de outubro como Gruppenkommandeur (comandante do grupo) de II. Gruppe do ZG 1… Mais tarde, em 1943, o Gruppe foi transferido para a Áustria para combater as incursões da 15ª Força Aérea do Exército dos Estados Unidos (USAAF), com base na Itália… Após pesadas perdas em julho de 1944, II./ZG 1 se converteu no caça Messerschmitt Bf 109 G e foi redesignado como III./ Jagdgeschwader 76.” (luftwaffe.cz/albrecht)

O piloto brasileiro/alemão, durante todo o período da Segunda Guerra Mundial, participou de diversas missões de ataque na Europa, como nos Países Baixos, Áustria, França, Inglaterra, Rússia.

Em maio de 1943, Albrecht, como um Oberleutnant², foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro (Ritterkreuz), “pelas suas 15 vitórias aéreas, outras 11 aeronaves destruídas em solo, 162 veículos motorizados, 254 veículos diversos, 3 locomotivas, 8 posições de Flak, 12 armas anti-tanques e 8 posições de infantaria destruídos em solo.” (luftwaffe.cz/albrecht)

Albrecht teve o fim das suas vitórias e da vida, na batalha de libertação da França, em agosto de 1944. O piloto conseguiu saltar de paraquedas, depois de ter seu caça atingido, mas não sobreviveu, morrendo aos 26 anos de idade.

Conclusão

O brasileiro/alemão Egon Alb recht depois de diversas vitórias em seu caça, se tornou um Ás¹ da Luftwafee. Albrecht tem nos seus registros 25 vitórias, sendo 15 vitórias na Frente Oriental e 10 na Frente Ocidental, incluindo ainda, seis bombardeiros quadrimotores. As informações também indicam a destruição de 11 aeronaves que estavam no solo na Frente Oriental.

¹ Ás = Piloto que conquistava um determinado número de vitórias. Esse número mudou de acordo com os anos e as guerras

² Oberleutnant = Equivalente a um Primeiro-tenente

Imagem de Capa: Egon Albrecht – https://fatosmilitares.com/egon-albrecht-o-as-brasileiro-na-luftwaffe/

 Bibliografia

Diretrizes do Estado Novo (1937 – 1945) > O Brasil na guerra. Disponível em: <https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/AEraVargas1/anos37-45/OBrasilNaGuerra>. Acessado em 03/01/2022.

https://en.wikipedia.org/wiki/Egon_Albrecht-Lemke

https://www.luftwaffe.cz/albrecht.html

Indicação de Livros

Link para Amazon:

https://www.amazon.com.br/gp/product/6137034607/ref=as_li_qf_asin_il_tl?ie=UTF8&tag=hmd2021-20&creative=9325&linkCode=as2&creativeASIN=6137034607&linkId=1b39b26f77bfcc5ca56343788da59f1c

1 comentário em “Egon Albrecht: o brasileiro piloto da Luftwaffe”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *