Início » Artigos » Estados Unidos » Guerra ao Terror (The Hurt Locker)

Guerra ao Terror (The Hurt Locker)

Prof. Dr. Ricardo Pereira Cabral

Filme de 2008, trata da rotina diária de uma equipe especializada em desarmar dispositivos explosivos improvisados durante a Guerra do Iraque, quando os insurgentes colocaram várias armadilhas em casas, ruas, estradas etc a fim de causar baixas nas tropas da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos.

O roteiro explora as situações de desarme de explosivos improvisados, encontro com insurgentes, o stress provocado pela natureza da missão em um ambiente hostil, contra um inimigo que utiliza, em vários momentos, civis inocentes como armadilhas.

A tensão no interior da equipe com o comportamento, considerado imprudente e inseguro, do militar responsável pelo desarme dos dispositivos, vivido por Jeremy Renner.

O filme aborda a dificuldade e até mesmo a incapacidade de alguns militares, que passaram por momentos de grande tensão em combate, em retomar a rotina civil ou mesmo no próprio ambiente militar, ou seja, ele só se sente bem na guerra e por isso decide retornar para mais um turno.

O roteiro é de Mark Boal é roteirista, produtor e escritor free lancer de vários revistas e jornais norte-americanos. Em 2004, esteve acompanhando diariamente equipes de desarmamento de dispositivos improvisados por duas semanas a fim de mostrar as experiências por que passavam os soldados em combate, como lidavam com o stress e como se comportavam durante a ação.

The Hunt Locker foi um sucesso de crítica, ganhando vários Oscars como o de melhor filme, roteiro e diretor. Seu desempenho na bilheterias deixou um pouco a desejar, apesar de faturar 300% acima do orçamento.

No Brasil o filme ganhou o título de Guerra ao Terror. Uma excelente explicação sobre o título: “ Os títulos do filme no Brasil e em Portugal passaram longe do significado da expressão inglesa hurt locker, que é uma situação ou período de grande sofrimento físico e emocional — locker é um armário com fechadura ou cadeado (um espaço reduzido onde alguém pode ficar preso ou ser trancado), e hurt (como adjetivo) é algo que causa dor ou sofrimento.Em português, uma expressão mais ou menos equivalente seria poço de sofrimento”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *