Início » Artigos » Alemanha » Operação Neuland

Operação Neuland

Prof. Esp. Pedro Silva Drummond

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito onde praticamente todo o Mundo sofreu com a Guerra. As batalhas aconteceram em quase todos os Continentes, a América, foi o único dos Cinco Continentes que não teve uma batalha dentro do seu território[1], mas, isso não significa que o local não tenha sofrido com os combates. A Operação Neuland, é um dos diversos acontecimentos, entre muitos outros, causados durantes o período da Guerra, na região.

[1] Conflitos no Continente e não nas Colônias ou nas Ilhas controladas pelos Países que integram o Continente Americano.

A Operação Neuland é o nome dado pela Marinha Alemã à operação de guerra submarina no Mar do Caribe na Segunda Guerra Mundial. Os submarinos (U-Boots) da Alemanha tinham como objetivo interromper o envio de Petróleo da Venezuela para os países Aliados, principalmente Estados Unidos e Inglaterra. A Venezuela era um dos principais fornecedores de petróleo para os EUA durante a Segunda Guerra Mundial.

Depois de Pearl Harbor, o governo de Isaías Medina Angarita da Venezuela (1941-1945), estabeleceu fortes relações diplomáticas com os Estados Unidos, possibilitando o envio de boa parte do Petróleo venezuelano para a América do Norte, assim como, a presença de U-Boots na região do Mar do Caribe, estabelecendo uma forte ameaça ao comércio de petróleo dos venezuelanos.

Durante o período da Segunda Guerra Mundial, diversos petroleiros venezuelanos foram torpedeados e afundados pela Marinha Alemã. A Venezuela durante quase todo o período da Guerra, mesmo com o afundamento dos navios, se manteve Neutro no conflito. Somente no final da Guerra, houve a declaração de Guerra aos países integrantes do Eixo.

Quer saber mais sobre a Segunda Guerra Mundial, leia os artigos sobre o Graf Spee e a Batalha do Rio da PrataPortugal na Segunda Guerra Mundial: As motivações para a Neutralidade e os posts sobre Jorge Sanjinez Lenz: Quem foi o peruano que lutou no dia D?, Classe Fletcher: O Melhor Destroyer da Segunda Guerra Mundial ,RatlinesBlitzkriegDia D – O mais longo dos diasOperação DínamoI52: Submarino Japonês afundado no Oceano AtlânticoSoldados da BorrachaFornovo di Taro: A rendição alemã para o Exército brasileiroSupermarine SpitfireWilhelm CanarisCanhão de 88 mm, você pode navegar por este link, no nome do texto ou pelas categorias do site.

4 comentários em “Operação Neuland”

  1. A atuação dos submarinos alemães no Caribe foi a de melhor relação custo – resultado da ofensiva submarina alemã, durante a IIGM.
    Praticamente sem oposição, no começo, os submarinistas alemães ficaram bem a vontade no Caribe.

    Há um curioso registro que as preocupações iniciais dos norte-americanos resumiam-se na possibilidade de ataque aéreo/aeronaval ao Canal do Panamá, a partir de pistas clandestinas na Amazonia peruana ou por ação japonesa, a partir do Pacífico.

    1. Obrigado pela contribuição, enriquecendo o conhecimento sobre um assunto pouco conhecido pelo público em geral, as relações do Continente Americano com a Segunda Guerra Mundial.

  2. Pelo que soube o U-Boat usado para afundar navios brasileiros era comandado por uma pessoa que não desejava voltar a Alemanha sem usar os torpedos .
    Desejava “ mostrar serviço “ . Daí decidiu afundar os navios brasileiros .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *