Início » Artigos » Cerco de Baler » Cerco de Baler

Cerco de Baler

Prof. Esp. Pedro Silva Drummond

O Cerco de Baler aconteceu no contexto da Independência das Filipinas, durante a fragmentação do Império Espanhol, que mantinha suas colônias desde o século XVI.

O fim da Colonização Espanhola na região aconteceu em 1898, quando foi declarada a Independência do País em relação à Espanha. Os Filipinos, entretanto, não conseguiram sua Independência de fato.

Nesse período, os espanhóis vinham perdendo o controle de diversos territórios espalhados pelo Mundo, e os Estados Unidos procuravam fortalecer suas políticas e contribuir para a expulsão dos espanhóis principalmente nas regiões de seu interesse. Nas Filipinas, não foi diferente, os Espanhóis mesmo sendo derrotados militarmente na região, somente desistiram da região, depois do Tratado de Paris, quando os EUA se comprometerem em pagar 20 Milhões de Dólares como uma compensação financeira pela perda do território. Apenas em 1946, após a Segunda Guerra Mundial, os EUA reconheceram a independência das Filipinas.

O Cerco de Baler aconteceu nos momentos finais da Guerra de Independência das Filipinas em relação à Espanha. Um grupo de aproximadamente 50 soldados espanhóis acabaram sendo enviados para a região de Baler, localizada na ilha de Luzon, e a mais de 200km de Manilla.

A região sofria com diversos conflitos entre espanhóis e rebeldes locais, porém, a chegada dos militares espanhóis não trouxe a Paz, e pouco tempo depois, os soldados acabaram sendo atacados e cercados na igreja de San Luís de Tolosa. Os militares cercados acabaram sendo reconhecidos como os últimos das Filipinas.

O cerco na igreja durou por 337 dias e o templo religioso acabou se tornando para aqueles que viviam nela, uma embaixada, quartel, refeitório, banheiro e o túmulo de alguns soldados.

Os militares espanhóis acabaram isolados na igreja de San Luís de Tolosa, mesmo após o fim da Guerra entre os espanhóis e filipinos, mas os soldados não acreditavam e permaneciam nos seus locais.

O Cerco só acabou quando o Comandante das tropas foi convencido da derrota dos espanhóis. Isso só aconteceu, após uma notícia de jornal, que tinha sido entregue aos militares espanhóis, informando o envio de um oficial para a Cidade de Málaga, essa informação, era um desejo do oficial enviado, onde poucos tinham conhecimento, um deles era o Comandante do Cerco de Baler, e somente após a notícia houve a rendição.

Quer saber mais sobre Cercos Militares, leia o post Cerco de Jadotville, você pode navegar por este link, no nome do texto ou pelas categorias do site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *