Início » Artigos » Brigada Piron » Jorge Sanjinez Lenz: Quem foi o peruano que lutou no dia D?

Jorge Sanjinez Lenz: Quem foi o peruano que lutou no dia D?

Prof. Esp. Pedro Silva Drummond

O desembarque na Normandia, conhecido como o Dia D, no dia 6 de Junho de 1944, foi organizada pelos Aliados na Segunda Guerra Mundial, na Operação Overlord. O desembarque foi a maior operação anfíbia da História, dando início à libertação dos territórios a oeste na Europa.

“Podemos definir operações anfíbias como uma ação de desembarque de tropas em um ponto do litoral inimigo (chamado de cabeça de praia), visando progredir em direção ao interior. É considerada uma das mais complexas operações militares. O termo anfíbio é de origem britânica (1930).” (Ricardo Pereira Cabral, Operações Anfíbias)

Desembarque na Normandia – Dia D

O Dia D teve a participação de diversas nações que compunham os Aliados, entre esses Países, estava à Bélgica, que entre os seus soldados estava Jorge Sanjinez Lenz, um peruano que tinha se alistado como voluntário na Brigada Piron nas forças Belgas.

Jorge Lenz, no final de 1942, compareceu na embaixada da Bélgica em Lima, e se alistou para as forças rebeldes que lutavam contra o domínio territorial alemão na Europa. Lenz teve a companhia de quase 10 peruanos que lutaram nas forças belgas. Outros cidadãos de países da América do Sul fizeram o mesmo.

Sob o comando britânico, a brigada Piron contava com aproximadamente 2.000 homens, que falavam próximo de 30 línguas diferentes. Jorge Lenz teve sua primeira participação em batalhas no desembarque na Normandia, Lenz ainda lutou na Holanda e Bélgica.

Jorge Sanjinez Lenz, segundo da esquerda para direita

Jorge Lenz foi condecorado com diversas medalhas, como a Cruz de Guerra Belga e a medalha da Legião de Honra em Cavalaria da França. Lenz foi um dos últimos soldados latino-americanos que participaram Dia D a morrer, falecendo em agosto de 2020, aos 103 anos.

Quer saber mais sobre a Segunda Guerra Mundial, leia os artigos sobre o Graf Spee e a Batalha do Rio da Prata, Portugal na Segunda Guerra Mundial: As motivações para a Neutralidade e os posts sobre Operação NeulandClasse Fletcher: O Melhor Destroyer da Segunda Guerra Mundial ,RatlinesBlitzkriegDia D – O mais longo dos diasOperação DínamoI52: Submarino Japonês afundado no Oceano AtlânticoSoldados da BorrachaFornovo di Taro: A rendição alemã para o Exército brasileiroSupermarine SpitfireWilhelm Canaris, Canhão de 88 mm, você pode navegar por este link, no nome do texto ou pelas categorias do site.

Quer saber mais sobre as Operações Anfíbias, leia os posts sobre o Dia D – O mais longo dos dias, Operações Anfíbias, você pode navegar por este link, no nome do texto ou pelas categorias do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *